Metrô irá reduzir horário de funcionamento de bilheterias em 16 estações a partir de segunda (15)

Direto da redação

O Metrô de São Paulo vai reduzir o horário de funcionamento das bilheterias de 16 de suas estações a partir da segunda-feira, 15 de janeiro.

Em vez de funcionarem durante todo o horário comercial (4h40 à meia-noite), as bilheterias ficarão abertas entre 6h e 22h. Segundo a companhia, “foram escolhidas as estações de menor fluxo de venda nas bilheterias de cada uma das linhas”.

A medida atinge os quatro ramais operados pelo Metrô – linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata do Metrô. A mais afetada será a Linha 1, com cinco das 23 estações, enquanto as demais terão quatro paradas com horários reduzidos.

De acordo com o Metrô, “os passageiros serão avisados com comunicação visual e sonora nesses locais dos novos horários de atendimento das cabines de venda. Nos primeiros dias, o Metrô irá disponibilizar funcionários para orientar os passageiros sobre a compra do bilhete nas máquinas de auto atendimento e nos demais canais de venda disponíveis”.

A companhia justificou a mudança devido “a maior parte dos acessos à rede se dá por cartões de transporte (Vale Transporte, Bilhete Único, Bilhete TOP), bem como a possibilidade de compra nas máquinas de autoatendimento, por celular ou rede credenciada”.

Confira as estações afetadas pela mudança no horário:

Linha 1-Azul: Tiradentes, Carandiru, Vila Mariana e Santa Cruz.
Linha 2-Verde: Sumaré, Chácara Klabin, Alto do Ipiranga e Clínicas.
Linha 3-Vermelha: Marechal Deodoro, Santa Cecília, Pedro II e Brás.
Linha 15-Prata: Oratório, São Lucas, Camilo Haddad e Fazenda da Juta.

As bilheterias do Metrô são operadas por empresas terceirizadas, vale lembrar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.