loader-image
temperature icon 21°C

Ministro da Educação confirma campus da Unifesp em Embu das Artes.

Compartilhar notícia

Reunião em Brasília define campus da Unifesp em Embu
Reunião em Brasília define campus da Unifesp em Embu

Em reunião com o prefeito Chico Brito, dia 7, quarta-feira, em Brasília, o ministro da Educação, Fernando Haddad, confirmou que Embu das Artes terá o campus da Universidade Federal da Região Sul e Sudoeste de São Paulo. O primeiro prédio, com capacidade para 1,2 mil alunos, será construído com recursos dos municípios do Conisud (Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo). A previsão é que a obra comece ainda este ano.

 

A curto prazo, o prefeito de Embu garantiu o início das atividades da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) na cidade com a implantação de um campus de extensão para formação de profissionais da saúde, jovens do programa Primeiro Emprego do governo federal e da Universidade da Terceira Idade. Os cursos serão oferecidos a partir do segundo semestre na Escola Municipal Professora Valdelice Aparecida Medeiros Prass, no Parque Pirajuçara.

Antes de ir a Brasília, Chico Brito reuniu-se com a Pró-reitoria da Unifesp em São Paulo. O colegiado decidiu a formação de um grupo de trabalho com representantes do Conisud e do Vale do Ribeira para definir quais cursos serão oferecidos no campus de Embu. A proposta será entregue à Unifesp em 90 dias.

Articulada pelo senador Aloizio Mercadante, a reunião contou com a participação dos deputados federais João Paulo Cunha, Devanir Ribeiro, José Genoino, Carlos Zarattini e  José Mentor.

No fechamento desta matéria, o prefeito Chico Brito estava reunido com representantes da Comissão Pró-Universidade para informar detalhes da reunião em Brasília.

Turismo

Em audiência com o ministro do Turismo, Luiz Barretto, o prefeito de Embu das Artes garantiu R$ 8 milhões dos R$ 16,7 milhões para a construção da primeira etapa do Parque da Várzea do Rio Embu-mirim, ainda em 2010.

Barretto ligou para o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, pedindo a liberação dos recursos antes de 3 de junho, data-limite determinada pela legislação eleitoral.

Por Maria Regina Teixeira da Prefeitura Municipal de Embu

Foto: TwitPic do Dep. João Paulo (PT)

 

Veja também