Morre bebê encontrada em lata de lixo

da Folha Online

A menina encontrada em uma lata de lixo em frente ao Pronto-Socorro e Maternidade Antena, em Taboão da Serra (Grande São Paulo), em 2 de outubro, morreu na segunda-feira (26) no Hospital Geral de Pirajussara, em Taboão.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a garota sofreu infecção generalizada e morreu por volta das 18h de ontem. O enterro da garota será providenciado pelo Conselho Tutelar de Taboão da Serra.

Ao ser encontrado o bebê pesava 2,2 kg e estava em um saco. Ela ainda estava envolta na placenta e foi encontrada graças a um segurança do hospital, que ouviu o choro, abriu a lixeira e resgatou o bebê.

A menina foi imediatamente resgatada e levada para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) neonatal da unidade. À época, os médicos que avaliaram o bebê afirmaram que ele tinha nascido prematuro, com apenas sete meses de gestação. Batizada de Ângela pela equipe do hospital porque 2 de outubro é dos anjos da guarda, a recém-nascida foi transferida depois para o Hospital Geral de Pirajussara.

Um boletim de ocorrência foi registrado no 1º DP de Taboão da Serra.

Este anúncio custou aos cofres públicos municipal a quantia de R$ 1.100,00.