Número de internados por coronavírus lota UPA e Prefeitura de Taboão analisa novo hospital de campanha

Atendimento na UPA Dr. Akira Tada volta ao normal

Por Allan dos Reis, na redação

A Prefeitura de Taboão da Serra estuda a possibilidade de construir um hospital de campanha para atender as pessoas infectadas com o novo coronavírus, depois que a UPA Dr. Akira Tada ultrapassou a sua capacidade de atendimento nesta quarta-feira (3).

Com 40 leitos, UPA tem nesta quarta-feira (3) 43 pacientes internados, superando sua capacidade. Estão em análise a UBS do Jardim Clementino e o SER (serviço de reabilitação). Esse último abrigou de abril a setembro o hospital de campanha com capacidade de atender quase 60 pacientes em nível intermediário.

O prefeito Aprígio (Pode) visitou na manhã de hoje o SER e no fim da tarde participou de reunião com os prefeitos da região do Conisud para alinharem decisões em conjunto. Nesta quinta (4), ele deve conceder entrevista coletiva anunciando as medidas que serão tomadas.

Durante o dia, o governador João Doria (PSDB) anunciou que a partir de sábado (6) o Estado vai ficar na Fase Vermelha por duas semanas. Com isso, apenas serviços essenciais, como no início da pandemia, vão poder funcionar normalmente.

1 comentário em “Número de internados por coronavírus lota UPA e Prefeitura de Taboão analisa novo hospital de campanha”

  1. Enquanto os bares permanecerem abertos, a aglomeração o uso de drogas e bebidas liberados, nada vai melhorar nessa cidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.