Preso por manter ex-namorada presa

RICARDO VALOTA – Agência Estado

SÃO PAULO – Uma mulher de 50 anos que estava sendo mantida refém em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, foi libertada nesta madrugada por policiais militares. Eles encontraram a mulher seminua, amarrada com fita adesiva, trancada em um dos quartos. Ela foi levada ao hospital e, depois, para a delegacia de Taboão da Serra. Parte dos policiais permaneceu próximo da casa, e escondidos, à espera do dono da residência. Ao aparecer, o suspeito foi detido e levado para a delegacia, onde a mulher o identificou como seu ex-namorado, que a mantinha presa na residência. O homem foi autuado em flagrante por cárcere privado e constrangimento ilegal.

Opinião: Agora virou moda os homens, diga-mos, mal amados aprisionarem seus “amores” em busca de concilição. Infelizmente nem todos os casos acabam de maneira passiva.

Este anúncio custou aos cofres públicos municipal a quantia de R$ 1.100,00.