loader-image
temperature icon 23°C

PT lança o vereador Wagner como pré-candidato a prefeito

Compartilhar notícia

Vereador Wagner Eckstein é o pré-candidato do PT para disputar a prefeitura em 2012.
Vereador Wagner Eckstein é o pré-candidato do PT para disputar a prefeitura em 2012.
O Partido dos Trabalhadores (PT) de Taboão da Serra lançou oficialmente o vereador Wagner Eckstein como pré-candidato para a disputa da prefeitura nas eleições de 2012. O Encontro aconteceu neste domingo, dia 6, na câmara municipal e teve a presença de centenas de filiados e contou com a presença do deputado federal, João Paulo Cunha, dos deputados estaduais Isac Reis, Marcos Martins e Geraldo Cruz, do prefeito de Embu das Artes, Chico Brito, vereadores da região e lideranças de outras agremiações partidárias.

Em seu discurso, Eckstein fez um balanço positivo do Brasil desde a eleição do Lula e lembrou que os grandes investimentos feitos no município são em parceria com o governo federal, hoje presidido pela Dilma.

Confiante e “preparado para disputar a eleição”, ele diz que os principais desafios da cidade estão na área de estrutura e social e quer sintonizar o município como os avanços do Brasil.

“Vamos fazer essa sintonia que existe no Brasil hoje – essa que avança, que melhora, que se desenvolve – com Taboão, que pode ser ainda melhor e com mais qualidade”, diz Eckstein.

Mas o próximo passo será convencer alguns partidos que compõe a base governista a apoiarem a candidatura petista.

“Vamos trabalhar insistentemente nos próximos meses. Mas daqui para frente é continuar dialogando e ampliando esse leque de conversas com os outros partidos. Eu tenho esperança e o PT também tem esperança é que neste processo de construção, nós tenhamos outros partidos que venham compor”, completou.
A vice-prefeita do município, Professora Márcia, e o ex-vereador Professor Moreira que abriram mão da candidatura em pról do Wagner prometeram lutar para eleger o candidato petista.

AUSÊNCIAS
O presidente da câmara municipal José Macário (PT) não compareceu ao lançamento da pré-candidatura do vereador do partido. A ausência foi muito comentada nos corredores por filiados que o acusaram de falta de respeito. Por volta do meio-dia, o presidente do PT, Gerson Tavares, informou que o Macário estava no aeroporto e que não chegaria a tempo. O prefeito Dr. Evilásio Farias (PSB) também foi convidado ao encontro, mas não participou.

LIDERANÇAS
O deputado federal João Paulo Cunha (PT) destacou que o ‘passo adiante’ para Taboão da Serra passa pela eleição do petista. E lembrou que a partir de agora a responsabilidade para viabilizar a eleição é do vereador. “A responsabilidade maior agora é sua [Wagner]. A arquitetura [para viabilizar a sua candidatura] é de sua responsabilidade”, lembrou Cunha.

Já o deputado estadual Geraldo Cruz diz reconhecer “os avanços que a administração Evilásio deu para Taboão” mas lembrou que esse “não é o modo petista de governar” e pediu para que o pré-candidato saia às ruas para ouvir a opinião da população. “Está na hora da gente fazer outra reunião como esta para ouvir o que a população deseja”, propôs.

Os deputados Marcos Martins e Isac Reis destacaram a importância que Taboão da Serra tem dentro do Estado de São Paulo.

O prefeito de Embu das Artes, Chico Brito, destacou a contribuição que o partido deu ao Governo Evilásio, mas fez questão de diferenciar o ‘modo petista de governar’. “O PT já deu a sua contribuição como vice, mas ele não é nem 5% do que o PT pode fazer. Ao eleger o Wagner prefeito, a população vai participar das decisões”, profetizou Brito, que prometeu pedir votos ao petista durante a campanha. Mas ‘só na divisa’, já que ele também deve estar em campanha na cidade que dirige.
Por Allan dos Reis

Veja também