RODOVIDA: Feriado de ano novo tem queda no índice de mortes nas rodovias federais

Direto da PRF

Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou às 23h59 desta segunda-feira (1) a Operação Ano Novo. Desde a última sexta-feira (29), policiais nas cinco regiões do país intensificaram o trabalho de fiscalização, prevenção de acidentes e combate à criminalidade.

Nos quatro dias de atividades, a PRF registrou 725 acidentes. Destes, 193 considerados graves. O número de mortes caiu 25% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Ao todo, 56 pessoas morreram e 903 ficaram feridas no último feriado em acidentes nas rodovias federais.

A fiscalização flagrou 5.479 ultrapassagens em locais proibidos, índice 51% maior que o registrado na mesma operação no ano passado, quando 3.636 motoristas foram autuados por realizar ultrapassagens de forma irregular. No período, a PRF capturou  24.127 imagens de veículos circulando acima do limite de velocidade permitida nas vias.

Outro foco da operação foi o combate à mistura álcool e direção. Ao todo, houve 988 autuações de condutores por recusa ao teste que verifica se o condutor consumiu bebida alcoólica antes de dirigir ou por dirigir veículo sob efeito de álcool.

 

Operação Ano Novo 2023

Operação Ano Novo 2024

Acidentes

726

725

Feridos

917

903

Mortes

75

56

Acidentes graves

210

193

Combate à criminalidade

A PRF manteve o trabalho de combate à criminalidade. Nos quatro dias de reforço na fiscalização, 383 pessoas foram detidas e 41 veículos recuperados. Os policiais apreenderam 557 kg de maconha, 12 armas de fogo e 164 munições.

A Operação Ano Novo – encerrada ontem – é a segunda ação da PRF de reforço na fiscalização de trânsito e prevenção de acidentes no âmbito do Programa Rodovida, que começou em dezembro do ano passado e vai até depois do carnaval, com ações relacionadas à segurança viária desenvolvidas por instituições integrantes do Sistema Nacional de Trânsito (SNT). A meta é diminuir o número de acidentes, mortes e feridos no trânsito do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.