loader-image
temperature icon 22°C

Segundo suspeito de assaltar o médico Roberto Kalil é preso em Taboão da Serra

Compartilhar notícia

Direto da redação

O segundo suspeito de participar do assalto ao cardiologista Roberto Kalil, médico do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi preso nesta quarta-feira (3) em Taboão da Serra. A informação foi confirmada pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

O indivíduo, identificado como Carlos Henrique Santana, o Catota, estava escondido em um imóvel no bairro Arraial Paulista. Segundo a polícia, o homem admitiu ser o responsável pela ação contra o cardiologista.

Também foram apreendidas munições e oito celulares. Em um dos aparelhos foram encontradas fotos do relógio da vítima.

Os equipamentos serão analisados para ajudar apuração do caso e identificar outros envolvidos na receptação do relógio, avaliado em R$ 1 milhão.

Veja também