“Sem comentários”, responde vice-prefeito Buscarini sobre rompimento com o prefeito Aprígio

Por Allan dos Reis, direto da redação

O vice-prefeito de Taboão da Serra, Buscarini deve anunciar ainda nesta sexta-feira (5) o rompimento político com o prefeito Aprígio, após um mês de governo. A informação é do jornalista Eduardo Toledo, do site O Taboanense. Por mensagem, o Taboão em Foco questionou Buscarini, que respondeu. “Sem Comentários”.

A nossa reportagem também confirmou que a secretária de desenvolvimento econômico Adriana Barcellos pediu demissão do cargo. Ela é esposa do vice-prefeito e assumiu o cargo no dia 1º de janeiro.

Os motivos do rompimento ainda não estão claros, mas pesou o fato da aproximação do Aprígio com o prefeito de Embu das Artes, Ney Santos, que nesta semana esteve em Taboão da Serra para intermediar um acordo entre os vereadores da oposição e o prefeito.

O descontentamento ficou evidente quando o vice respondeu a uma moradora de Taboão que postou. “Ele e seu vice das antigas tem que engolir o que falaram na eleição” e Buscarini respondeu. “Você consegue me enxergar em alguma foto?”.

Aprígio e Buscarini se aliaram no final de 2019 e o discurso é que fariam junto um governo sério de reconstrução de Taboão da Serra. A aliança, após a eleição, não durou 40 dias.

VETOS E BRIGAS

Durante a pré-campanha, Buscarini vetou acordo do Aprígio com o Partido Liberal (PL), comandado pelo deputado federal Valdevan Noventa. Na época, o partido estava anunciando o rompimento com o candidato Engenheiro Daniel (PSDB) e tinha pretensões de aderir a campanha, que sagrou-se vencedora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.