Suspeita de bomba em frente à delegacia de Taboão da Serra era alarme falso

Direto da Redação

A Polícia Civil de Taboão da Serra isolou a área em frente ao 1º Distrito Policial por suspeita de bomba na tarde desta segunda-feira (20). Há uma mochila suspeita dentro de uma lixeira na porta do distrito e uma sacola pendurada na árvore. A van para transporte de presos da Polícia Civil foi pichada com uma suástica.

O Grupo Especial de Reação (GER) chegou a poucos minutos ao local para averiguar a suspeita de bomba. Policiais colocam roupas especiais e retiram o primeiro artefato. Eles vão fazer raio-x para verificar a suspeita de bomba.

Por volta das 20h10, policiais decidiram que a mochila terá que ser detonada porque há um metal dentro dela, detectado pelo raio-x. O robô do esquadrão antibombas levou a mochila para o meio da rua.

O órgão informou que foi alarme falso, na bolsa tinha uma marmita e na viatura não tinha nada. Um dos três artefatos imitava bem um explosivo, com fiação e tudo. O que chamou também atenção das autoridades foram os desenhos do símbolo nazistas que foram pichados numa escola localizada a 1 km do 1° DP e em uma banca de jornal. Agora, as investigações prosseguem a fim de identificar por tais atos.

*atualizado Às 10h50.

1 comentário em “Suspeita de bomba em frente à delegacia de Taboão da Serra era alarme falso”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.