loader-image
temperature icon 23°C

TJ não concede HC a Celsinho e mais seis acusados de fraudar a prefeitura de Taboão

Compartilhar notícia

Celsinho e outros acusados ainda não foi beneficiado pelo HC. (Foto: Karen Santiago / Jornal na Net / Maio de 2011)
Celsinho e outros acusados ainda não foi beneficiado pelo HC. (Foto: Karen Santiago / Jornal na Net / Maio de 2011)

A decisão da 15ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça que concedeu habeas corpus aos acusados de pertencerem a uma quadrilha que fraudava os cofres públicos da prefeitura de Taboão da Serra não beneficiou sete dos presos. São eles: Turíbio Antonio Castilho (Binho), Celso Vasconcellos (Celsinho), João Gilberto Domingues da Paz, Joaquim Batista de Oliveira Neto, Marcelo Marcelino Soares, Tadeu Antônio e Tereza Letícia Rocha.

Porém, no entendimento dos advogados dos presos, a decisão do Desembargador Jair Marins “se estendeu a todos os acusados” e por isso na manhã desta sexta-feira, dia 29, eles estão em contato com o TJ para entender a decisão do HC.

A Assessoria de Imprensa do TJ informou por email nesta manhã que “Os recursos dos acusados aos quais você [reportagem] se refere ainda estão aguardando julgamento. Por esse motivo, eles não foram beneficiados pelas decisões de ontem”, diz.

Por Allan dos Reis

Veja também