loader-image
temperature icon 24°C

Vereador Depieri critica a falta de objetividade da CPI e exige a participação do PSB; Ouça a entrevista

Compartilhar notícia

Ouça a entrevista com o Vereador Dr. Alexandre Depieri (PSB)

DepieriO vereador Dr. Alexandre Depieri, líder do Partido Socialista Brasileiro na Câmara Municipal de Taboão da Serra, entrou na justiça com um Mandado de Segurança para que o PSB tenha participação na Comissão Especial de Inquérito que hoje é formada pelos vereadores Cido (DEM), Paulo Félix (PSDB), Olívio Nóbrega (PR), Valdevan Noventa (PDT) e Wagner Eckstein (PT). Como a Justiça negou o primeiro pedido, o vereador promete entrar com “Agravo” para que o pedido seja acolhido e seja respeitada a “proporcionalidade” dos partidos.

O parlamentar nega que esteja tentando barrar a CPI que apura as irregularidades na baixa da dívida ativa do município. Três vereadores e cinco funcionários e ex-funcionários já estão presos sob a acusação de pertencerem à quadrilha responsável pela fraude. A polícia agora procura ainda três acusados.

“Não existe a intenção de barrar. Existe a intenção de participar”, afirma Depieri, que integrava à comissão, mas renunciou a sua participação por sentir-se prejudicado “por haver um companheiro [Arnaldinho] do PSB”, disse em Tribuna no dia 10 de Maio.

“Nós [PSB] entendemos que a comissão tem que ter começo, meio e fim. Ela tem que começar com um propósito e terminar com esse propósito. Ela tem que ter objetividade. Ela tem que sinalizar a população o que ela vai fazer numa investigação. Um determinado fato que ocorreu e [investigar] em cima deste fato. Não em fatos genéricos, diversos crimes ou qualquer crime da municipalidade. Ai fica uma coisa aberta e a qualquer momento você pode investigar qualquer coisa”, encerrou.

O site Taboão em Foco entrou em contato por telefone com o presidente da comissão, vereador Cido, e não foi atendido.

Veja também