loader-image
temperature icon 23°C

‘Vou reconstruir a saúde’, afirma Fernando; Aprígio diz apoiar empreendedor

Compartilhar notícia

Adilson Oliveira, no Parque Pinheiros e em Cidade Intercap

Fernando Fernandes (PSDB) disse que, eleito prefeito, vai ter como grande desafio a “reconstrução da saúde”, durante caminhada no Parque Pinheiros nesta sexta-feira, dia 17. Uma moradora desabafou que na UBS local “para marcar consulta é preciso ameaçar funcionário de morte”. Ele disse como recuperaria a saúde. “Passa por medidas como trazer uma organização social de responsabilidade para nos ajudar [a gerir pronto-socorros], valorizar o funcionário, tentar trazer de volta médicos que saíram da rede por se verem prejudicados”, afirmou.

No Parque Pinheiros, Fernando ao lado de eleitor que segura seu plano de governo, com propostas em nove áreas (foto: Divulgação)

Disse que trará “pessoas competentes para ser diretores de posto, não curiosos ou amigo do ‘rei’ [prefeito]”. Citou a nomeação de Miriam Barcellos para UBS Intercap. “Era dona de jornal, nem jornalista, e aí passou a diretora. Não dá para tocar a saúde desse jeito”, criticou. Procurada, Barcellos disse: “Não gostaria de me manifestar, ele é candidato, e eu sou oposição [a ele], sou governo”. A prefeitura não se pronunciou. No Parque Pinheiros, Fernando apresentou plano de governo. “Foi feito de acordo com as reclamações da população.”

No Intercap, o candidato a prefeito Aprígio (PSB) fez intenso corpo a corpo o dia inteiro. No fim da tarde, abordou mecânico que reclamou usar garagem como oficina “para pagar aluguel e dar de comer à família”, mas a fiscalização da prefeitura o notificou a se formalizar e assumir outras despesas. Aprígio disse que “não faria isso” por ser também um empreendedor e que o município deve ajudar o pequeno negócio para crescer. “Com os prédios que construí gero à cidade R$ 5 milhões por ano de IPTU e R$ 200 mil por mês de ISS”, justificou.

“Gerei 3 mil empregos, e tem ex-prefeitos que não geraram sequer um”, atacou Aprígio diante do eleitor crítico à atual gestão. “Evilásio deixou a desejar, mas ele não será mais o prefeito. E não concordo com tudo que está aí, por isso peço o voto de confiança”, finalizou. Ao TF, o eleitor disse que Aprígio não chegou a dizer uma proposta para facilitar a atividade dos pequenos empreendedores. Abordado para apresentar eventuais ações na área, entre outras questões, como enchentes no bairro, Aprígio se recusou, de novo, a falar com a reportagem.

Ao lado do vice Wagner, Aprígio conversa com eleitora; candidato ouviu reclamação contra fiscalização da prefeitura (foto: Divulgação)

FIM DE SEMANA

Neste sábado, dia 18, Fernando pede voto no Jardim Saint Moritz, a partir da 10h na escola Anísio Dias dos Reis. Aprígio faz caminhada no Parque Pinheiros, com início próximo ao CSU, às 9h30. No domingo, o tucano visita o Sítio das Madres, às 10h. O candidato do PSB estará no morro do Sabão (Parque Jacarandá), às 9h30. O site não obteve informação sobre a atividade do candidato Stan (PSOL) nesta sexta-feira. Neste sábado, está prevista panfletagem no Jardim Leme e Jardim Jacarandá às 10h. A agenda no domingo não estava definida.

Veja também