“Vou ser oposição de verdade nesta casa”, afirma o vereador Sandro Ayres, ao deixar o Governo Aprígio

Direto da Redação

O vereador Sandro Ayres (PODE) anunciou nesta quinta-feira, dia 29 de fevereiro, rompimento com o Governo Aprígio e que vai apoiar o pré-candidato Engenheiro Daniel nas eleições que acontecem em outubro deste ano. Após três anos de apoio incondicional, ele agora – promete – “oposição de verdade”.

“O rompimento ocorreu porque eu reclamava de questões administrativas, teve também secretário [de planejamento Allan Mohamed] processando vereador e a briga com o secretário Valdemar Aprígio, irmão do prefeito. […] Esse governo é de discórdia e de brigas”, diz Ayres.

O político concedeu entrevista coletiva na Câmara Municipal ao lado do pré-candidato a prefeito Engenheiro Daniel e da vereadora Érica Franquini, que também deixou o governo recentemente.

ESTOPIM DA BRIGA

Sandro Ayres afirma que sua situação piorou quando ele se filiou ao Podemos, partido do prefeito e que a primeira-dama Luzia Aprígio é a presidente. A filiação foi realizada sem o aval da cúpula municipal. Ele teve sua ficha aprovada pela deputada federal Renata Abreu, presidente nacional, e criou mal estar.

Na semana passada, Sandro e Valdemar trocaram ofensas por telefone. Depois disto, com o boato que deixaria o governo, o vereador mandou mensagem a primeira-dama afirmando que continuaria com o grupo nas eleições.

NOVO ALIADO

Pré-candidato a prefeito, Engenheiro Daniel elogiou o apoio do vereador Sandro Ayres. Ambos foram aliados nas eleições municipais de 2020, quando Aprígio derrotou Daniel no 2º turno. “Nosso projeto está aberto para todos os vereadores”, diz.

3 comentários em ““Vou ser oposição de verdade nesta casa”, afirma o vereador Sandro Ayres, ao deixar o Governo Aprígio”

  1. Estou com Sandro Ayres sempre. Ele está trabalhando pela população, nunca vi um vereador tão dedicado igual ao Sandro. Meu apoio é seu… Ele sim é merecedor…

  2. É agora começa o bordão! o último q sair apaga a luz kkk,quero ver daqui p frente os vereadores subir na tribuna e elogiar os ” secretários Júnior eckestein e Mário de Freitas, acabou a lua de mel agora vai começar aparecer os desmandos,quem viver verá, o pai do Júnior funcionário de carreira da prefeitura sempre fez barulho no governo do Fernando, quando ganhou a eleição às custas do funcionalismo junto com a corja do pt misteriosamente calou- se agora como secretário de assistência social ganhando muito $$$ fica pianinho ou seja tá nem ai, quando mudar o governo ele volta a fazer politicagem de novo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.