Home » Política, Todas as notícias » Em aliança ‘financeira’, PC do B declara apoio anunciado a petista e ‘esquece’ Aprígio

Em aliança ‘financeira’, PC do B declara apoio anunciado a petista e ‘esquece’ Aprígio

Por Adilson Oliveira, no Pirajuçara, em Taboão da Serra

O PC do B de Taboão da Serra oficializou na sexta-feira, dia 25, aderir à pré-candidatura do petista Wagner Eckstein à sucessão na cidade e não mais apoiar Aprígio (PSB), mas já tinha tomado a decisão havia mais de 20 dias, depois que obteve garantias de acerto financeiro com o PT para financiar a campanha dos postulantes comunistas. A Executiva municipal se apressou em desautorizar Luiz Lune no anúncio, na semana passada, de que seria vice do candidato governista.

Em palanque com Toninho (1º à dir.), o líder do PC do B Aldo Rebelo discursa em evento em que confirmou apoio do partido a Aprígio (1º à esq.) (Foto: Adilson Oliveira/Taboão em Foco - 14.abr.12)

Presidentes de partidos da base do governo Evilásio Farias (PSB) tiveram a informação no dia 3 de maio de que o PC do B se uniria ao PT, que teria oferecido uma quantia vultosa para que os comunistas abandonassem a primeira opção. Em reunião na data seguinte, “decisiva” para a pré-candidatura de Aprígio na tentativa de aplacar a desconfiança entre aliados e consolidar apoio, o presidente do PC do B, Antonio Gomes, o Toninho, não marcou presença, tida como crucial.

No fim de 2011, Toninho ergue o braço do vereador Aprígio, na época seu pré-candidato a prefeito. (Foto: Allan dos Reis)

“Aprígio perdeu a eleição hoje”, avaliou um presidente sobre o clima na base com a refugada do PC do B. “O prefeito está cuspindo fogo”, acrescentou. Evilásio protagonizou o desgaste com atrito que, embora não decisivo, culminou com o rompimento. Ele e Toninho tiveram um bate-boca por divergência sobre o rumo da pré-candidatura. “Ficou feio o negócio. Evilásio falou que a coordenação era uma m…, não prestava…”, disse um dirigente. Toninho era um dos dois coordenadores.

Toninho, porém, foi categórico em dizer, em entrevista ao Taboão em Foco, que o PC do B considerava Aprígio “o candidato mais preparado para administrar Taboão da Serra” e que, ainda, articulava para “que o PT some com a gente”. Ele foi além. “Não é o momento político do PT ainda em Taboão. A pré-candidatura [de Eckstein] não foi construída junto com todos os partidos da base, por sinal, o PT hoje se encontra e declara sair sozinho [para a eleição]”, alfinetou.

Ele fez a declaração apenas uma semana antes do entrevero com Evilásio e durante a presença em Embu das Artes do ministro Aldo Rebelo, o maior expoente do PC do B, “que ratificou aquilo que já era decisão tanto da Executiva municipal como orientação da [direção] estadual, o apoio incondicional ao candidato do PSB hoje, vereador José de Aprígio”, retumbou Toninho, que levou o candidato a tiracolo para pedir a “bênção” do grão-comunista. A testemunha foi o vereador Ronaldo Onishi (PSB).

Confrontado na quarta-feira com a informação de que o PC do B não tinha decidido apoio ao seu nome e que negociava com o PT e o oposicionista Fernando Fernandes, Aprígio disse: “A política é dinâmica”. Depois, que Toninho não seria incoerente, já que “sempre declarou apoio a meu nome, tanto que afirmou isso ao presidente nacional”. “O que faria ele mudar em tão pouco tempo?”, cobrou resposta da reportagem, duvidando do “desembarque” comunista. Pragmático, o PC do B tinha também proposta financeira do PSDB. Já o PSB não teria feito nenhuma.

4 Responses

  1. Compra-se Partidos! Paga-se com secretarias e livre-nomeados

    Ás vésperas do prazo para as convenções partidárias, os partidos da base do governo, por um lado, e da oposição tucana, por outro, travam uma batalha de morte para ver quem fica com o maior número de partidos em suas respectivas coligações para a disputa das próximas eleições.
    O candidato e ex-prefeito tucano do PSDB, Fernando Fernandes, joga pesado, utilizando-se dos velhos métodos tradicionais da velha política, através da influência do governador Alckmin, pressionando e “comprando” os partidos por cima, ou seja, pelos Diretórios Estaduais, à revelia da vontade dos filiados desses partidos no município.
    Já o candidato do prefeito Evilásio, José Aprígio, procura um motivo para justificar sua candidatura, já que o movimento de estouro da boiada entre os partidos que ora apóiam o atual governo parece inexorável.
    Catando as migalhas que caem dessa disputa, o candidato do PT, Wagner Eckstein, procura ganhar o apoio daqueles que tem vergonha de ir para o bloco Tucano e dos partidos que tentam pular pra fora do barco de Evilásio antes que o mesmo afunde de vez.
    Pra isso, o candidato do PT procura ignorar a existência de Evilásio e faz de conta que nos últimos 7 anos e meio não partilharam do atual governo, tendo como vice a professora Márcia. Como se a presença do PT no governo Evilásio nada fosse que uma ilusão ou uma obra de ficção.
    Recentemente, a executiva do PCdoB que bambeou entre a candidatura de Aprígio e de Fernando Fernandes, acabou anunciando apoio à candidatura do PT. A questão é saber por quanto tempo?, já que os partidos de Taboão da Serra se movimentam e se posicionam de acordo com quem oferece mais cargos em secretarias e de livre-nomeados.
    Enquanto a candidatura de Aprígio se desintegra aos olhos de todos, fala-se pela cidade que o prefeito Evilásio está viajando desde a semana retrasada para os Estados Unidos ou para Cabeceiras. O fato concreto é que o governo Evilásio governa como aquele time que está levando uma goleada e torce para o jogo acabar o quanto antes, diminuindo assim o vexame.
    Já Fernando Fernandes, diz que sua vitória será arrasadora! Neste ponto nós concordamos. Uma eventual vitória de Fernando Fernandes será arrasadora para o funcionalismo público, para os serviços públicos, para os movimentos populares e para a população mais pobre do município, pois durante os 8 anos de governo Fernando Fernandes também imperava o autoritarismo nas repartições, o descaso com o funcionalismo, a precarização e privatização dos serviços públicos e a criminalização dos estudantes que lutaram pelo passe-livre.
    A prática do PSDB, a vista do que ocorre no governo do estado, não difere e não deixa nada a dever para a de Evilásio.
    Lamentavelmente, a imprensa local apresenta insistentemente as três candidaturas (PSDB/PSB/PT), como as únicas opções para a população. Logo, é inevitável o sentimento de descrença e desesperança por parte da grande maioria da população.
    No entanto, a população tem sim uma alternativa aos candidatos da corrupção, das empreiteiras, do mercado imobiliário e das maracutais.
    O PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) esteve a frente da luta contra o aumento abusivo IPTU, das mobilizações contra os escândalos de corrupção e cassação de Evilásio Farias, que participou das manifestações contra o aumento da passagem para 3 reais, que ingressou no Ministério Público contra as mudanças no Plano Diretor que retirou as áreas para construção de moradia popular, que apóia a luta das professoras ADIs em defesa do reenquadramento no estatuto do magistério, e o único a usar a tribuna da Câmara para denunciar o aumento dos salários dos vereadores.
    O PSOL lançará o companheiro Stan como candidato a prefeito e candidatos a vereadores que expressam as lutas do povo nos últimos anos.
    Além disso, estamos construindo a Frente de Esquerda Socialista nas próximas eleições de Taboão da Serra junto com os PSTU, único partido que esteve junto conosco em todos os momentos da luta.

  2. ANA disse:

    A matéria mostra a realidade, o PT comprou o PC do B e o Aprígio por ser honesto não quis pagar e ficou sem.
    Ficou feio para o PT e para o PC do B hein!!!!

  3. MUITO TENTENCIOSA A REPORTAGEM, FIQUEM AOS FATOS, EM POLÍTICA A DINAMICA DOS ACONTECIMENTOS SÃO COMO AS NUVENS, ORA DE UM JEITO ORA DE OUTRO, O PT É DA BASE ALIADA E TEM TODO O DIREITO DE POSTULAR A VAGA A PREFEITO, GOSTARIAMOS QUE FOSSE UM PROCESSO TRANQUILO DE DISCUSSÃO, MAS COMO É DE CONHECIMENTO DE TODOS NÃO FOI CONSTRUIDO DURANTE O SEGUNDO MANDATO, FALTOU COMANDO, HUMILDADE E CLAREZA DE PROJETO.

  4. A manchete dá a entender que o jornalista lamenta que o Aprígio perdeu o PC do B…

Deixe um comentario

Current ye@r *

© 2013 TABOÃO EM FOCO · RSS · Site por Keone Midia Online