Morto em Parelheiros com sinais de tortura, menino de 3 anos é enterrado em Taboão da Serra

Direto da Redação 

Foi enterrado nesta sexta-feira (3) no Cemitério da Saudade, em Taboão da Serra, o menino de três anos, que faleceu no dia 30 de dezembro no Hospital Municipal de Parelheiros, em São Paulo. Ele foi internado no dia 28 com sinais de tortura e maus tratos. Cinco pessoas, incluindo sua mãe, estão presas.

Os familiares deram entrada da criança ao Hospital, alegando que ele havia sofrido uma queda. Porém, a equipe médica alega que os sinais são decorrência de maus tratos e então acionou a Polícia.

Mãe, avós maternos e um casal de tios foram presas suspeitas de terem espancado até a morte o menino, que se chama Victor. O caso foi registrado no 101º Distrito Policial e será investigado pelo 25º DP de Parelheiros.

1 comentário em “Morto em Parelheiros com sinais de tortura, menino de 3 anos é enterrado em Taboão da Serra”

  1. Avatar

    Comento meu pesar, minha tristeza, meu estarrecimento diante de tamanha violência contra uma frágil criança, dentro da própria família. A sociedade está doente. Deus tenha misericórdia das crianças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este anúncio custou aos cofres públicos municipal a quantia de R$ 1.100,00.