loader-image
temperature icon 21°C

Aprígio batiza futuro Parque Central no São Judas com nome do ex-prefeito Dr. Evilásio Farias

Compartilhar notícia

Por Lorena Trevisan, da PMTS*

Nesta sexta-feira, 21/06, foi realizado no Jardim Salete o lançamento oficial do programa Periferia Viva, da Secretaria Nacional de Periferias, vinculada ao Ministério das Cidades do Governo Federal, contemplando Taboão da Serra com um investimento de mais de R$ 130 milhões.

O ato aconteceu na praça da Avenida Cid Nelson Jordano e contou com a ilustre presença do Secretário Nacional de Periferias, Guilherme Simões, além do prefeito Aprígio, secretários municipais e da vereadora Joice Silva. Também participaram da solenidade o presidente e a vice-presidenta do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Taboão da Serra, Maurício Lourenço e Márcia Regina.

Entre os anúncios das obras e programas que serão realizados com o recurso, destaca-se a construção de um Parque Central na área conhecida como Chácara do Japonês, que beneficiará os moradores do Jardim Salete, São Judas e toda a região com uma área de lazer.

Durante o evento, o prefeito Aprígio assinou o Decreto nº 135, denominando o futuro Parque Central, que será implantado na Avenida Cid Nelson Jordano, no Jd. Maria Helena, de Prefeito Dr. Evilásio Cavalcante de Farias, ex-prefeito que faleceu na quinta-feira, 20/06.

Ex-prefeito Evilásio Farias morreu aos 72 anos nesta quinta-feira, dia 20 de junho. (Foto: Divulgação)

Em seu discurso emocionado, Aprígio lembrou a trajetória de Evilásio e justificou a homenagem. “Serão 72 mil m² que vão ser transformados em um parque! O meio ambiente vai ser preservado nessa área, que garantirá um bem ambiental. O local vai ser de extrema importância e aproveitado por todos os munícipes de todas as regiões. Além de homenagear uma pessoa de suma importância no crescimento e na trajetória da nossa cidade, o ex-prefeito Evilásio Farias”, ressaltou Aprígio.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente (SDUHMA), Nílcio Regueira Dias, destacou o local escolhido e sua importância. “Estamos em uma das regiões mais densas do município de maior densidade populacional do Brasil. Por isso, é importante viabilizar a implantação de um parque tão sonhado por todos na região, também criar áreas verdes, oportunidades de lazer e democratizar o acesso a esses equipamentos.”, ressaltou.

Além do novo espaço anunciado, estão previstas expansões dos Programas de Regularização Fundiária e de Urbanização de Favelas, mitigação de riscos com contenções de encostas, implementação de novos Ecopontos e outras mudanças para o município.

Nessa região, vão ser investidos mais de R$ 105 milhões e mais de R$ 25 milhões em obras de contenção de encostas, que é outra necessidade importante aqui em Taboão, por ter muitos morros e ladeiras na cidade, para manter a população segura.”, ressaltou o Secretário Nacional de Periferias, do Ministério das Cidades, Guilherme Simões.

*sob supervisão de Renata Gomes

Veja também