Defensor dos idosos, ‘Seo Jaime’ morre aos 75 anos em Taboão da Serra

Por Allan dos Reis, na redação

Morreu na manhã desta quarta-feira (26), Jaime Gonçalves da Silva, de 75 anos, vítima de um infarto. Ele passou mal dentro de casa e foi socorrido na UPA Dr. Akira Tada, aonde veio a óbito. O velório será na Câmara Municipal de Taboão da Serra a partir das 21h. O enterro será no Cemitério Valle dos Reis na manhã desta quinta (27).

Casado, pai de quatro filhos e avô de nove netos, Jaime nasceu Ipaussu (SP) e mudou para Taboão da Serra há cerca de 20 anos. Por aqui, lutou durante anos para melhoria na qualidade de vida dos idosos. Foi, inclusive, presidente do Conselho Municipal dos Idosos.

Em entrevista em dezembro de 2019 ao Antena Taboão, programa do dentista Ronaldo Dias, Jaime se emocionou ao falar dos desrespeito aos idosos.

“O desrespeito com o idoso começa muitas vezes dentro de casa. Na minha casa, graças a Deus, todo mundo me respeita. Mas tem famílias que faz um chiqueirinho no fundo da casa e põe o velhinho para morar sozinho, muitas vezes até sem banheiro. Isso me entristece demais. A segunda coisa é que a gente anda no transporte público as pessoas fazem de conta que a gente não existe”, disse Jaime.

Este anúncio custou aos cofres públicos municipal a quantia de R$ 1.100,00.