loader-image
temperature icon 25°C

Greve unificada em SP: prefeitura suspende rodízio de veículos nesta terça (28)

Compartilhar notícia

Direto da redação

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de São Paulo anunciou que o rodízio municipal de veículos na capital paulista estará suspenso ao longo de todo o dia nesta terça-feira (28) em razão da greve programada por funcionários do metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Movimentos sindicais estão planejando paralisar diversos serviços públicos na terça, entre eles as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata do metrô e 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM. As linhas 4-Amarela e 5-Lilás do metrô e 8-Diamante e 9-Esmeralda do trem são operadas pela iniciativa privada e não devem sofrer alterações em seu funcionamento.

A principal reivindicação dos manifestantes é para que o governo paulista volte atrás na decisão de privatizar empresas públicas, em especial a Sabesp. Apesar da suspensão do rodízio, a CET informa que as faixas e corredores de ônibus continuarão funcionando normalmente de acordo com os horários estabelecidos. Também não haverá mudanças na Zona Azul.


A CET informa que continuam valendo também as demais restrições adotadas na cidade, como a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF).

A secretaria estadual de Transportes Metropolitanos informa que os ônibus municipais e intermunicipais irão circular normalmente nesta terça. Segundo a pasta, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e a SPTrans “organizaram um esquema especial para manter a frota total durante todo o dia a fim de minimizar os transtornos causados à população”.

“A EMTU intensificará a operação em mais de 30 linhas em pontos estratégicos durante a greve do Metrô e CPTM, além de acompanhar a operação em tempo real e reforçar a frota e as viagens das linhas integradas às estações”, acrescenta a secretaria.

Veja também