loader-image
temperature icon 20°C

‘Machismo’ de deputado Arthur Mamãe Falei é alvo de críticas em Taboão da Serra

Compartilhar notícia

Direto da redação

O áudio do deputado estadual Arthur Mamãe Falei feito durante viagem à Ucrânia, que está em guerra com a Rússia, dizendo que lá as mulheres são fáceis porque “são pobres” causou revolta na classe política taboanense. Muitos se manifestaram ao longo dos últimos dias.

O prefeito Aprígio compartilhou nota do Podemos.  em que consideram que “gravíssimas e inaceitáveis são as declarações do deputado estadual Arthur do Val, que foram divulgadas na imprensa. Não se resumem ao completo desrespeito à mulher, seja ucraniana ou de qualquer outro País, mas de violações profundas relacionadas a questões humanitárias, em um momento em que esse povo enfrenta os horrores da guerra”, diz. Veja a Nota Completa Aqui.

A deputada Analice Fernandes (PSDB), que terá que votar cassação ou não, postou. “Se os áudios que estão sendo atribuídos ao deputado Arthur do Val (Mamãe Falei) forem de sua autoria, é preciso abrir um processo de cassação urgente”, diz. [Leia Aqui] Ao desembarcar no Brasil, Arthur do Val confirmou a veracidade do conteúdo.

Nas eleições de 2018, Arthur Mamãe Falei teve 2.682 votos em Taboão da Serra e 2.074 votos em Embu das Artes. No total, teve 478.280 votos, sendo o segundo mais votado do Estado.

MAIS CRÍTICAS

A vereadora Joice Silva (PTB) tem longo histórico político em defesa das mulheres e classificou as falas machistas como “Triste, Revoltantes, Doloroso”. E que o político “usou os votos de confiança para demonstrar ser uma pessoa cruel e que se aproveita de uma situação tão delicada”.

Candidata a prefeita em Taboão da Serra em 2020, Najara Costa participou nesta segunda (7) de ato na Assembleia Legislativa onde foi protocolado pedido de cassação de mandato do deputado. “Entregamos pelo coletivo @juntassp um abaixo-assinado com mais de 66 mil assinaturas”, diz. Veja Aqui.

A deputada federal Ely Santos (Republicanos) divulgou Nota de Repúdio pela “fala abjeta” contra mulheres que “estão vulneráveis no meio de uma guerra”. O ex-prefeito Evilásio Farias também se manifestou com críticas ao deputado.

Veja também