Prefeito Rogério Lins barra reajuste na passagem de ônibus em Osasco

Direto da redação

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), anunciou, na noite desta quarta-feira (29), que não haverá reajuste na tarifa de ônibus municipal nesta virada do ano. Desta forma, serão mantidos os atuais R$ 4,50.

“Em 2022, continuaremos na luta para que haja subsídio do governo federal para o diesel ou para as gratuidades, para que o sistema de transporte coletivo não entre em colapso financeiro”, declarou Rogério Lins, nas redes sociais.

Em suma, o último reajuste no preço da passagem em Osasco aconteceu em 1º de janeiro de 2019, quando a tarifa subiu de R$ 4,35 para R$ 4,50. A Prefeitura conseguiu barrar aumentos no início de 2020, de 2021 e agora, neste início de 2022, em meio à alta do combustível e a crise econômica causada pela pandemia de covid-19.

Sendo assim, em reunião ocorrida no mês de outubro, as empresas de ônibus que operam em Osasco solicitaram que o aumento seria de até 54,3%, o que elevaria a tarifa dos atuais R$ 4,50 para R$ 6,94, para cobrir a alta nos cultos desde o último reajuste, em 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *