Vereadores podem mudar de partido sem risco de perder o mandato até 3 de abril

Por Allan dos Reis, na redação / Foto: Leandro Barreira (Divulgação / CMTS)

Desde essa quinta-feira (5) até o próximo dia 3 de abril, os vereadores de todos os municípios do país podem trocar de partido político durante a chamada ‘janela partidária’ sem o risco de terem seus mandatos cassados por infidelidade partidária. Em Taboão da Serra, dos 13 parlamentares, possivelmente 9 (70% deles) devem se filiar a outra sigla.

O primeiro será o vereador Professor Moreira, que deixa o PSD e se filia ao PDT na manhã deste sábado (6). Cido da Yafarma deve deixar o DEM rumo ao Rede. Eduardo Nóbrega está no PSDB, mas anunciou que seu destino deve ser o MDB.

Com o fim das coligações proporcionais, que impedem as coligações para vereador nas eleições, a tendência é outros parlamentares, que não anunciaram de forma pública, mudem de partido: Marcos Paulo e Alex Bodinho (Cidadania – antigo PPS), Ronaldo Onishi (Solidariedade) e André da Sorriso (PSDB). O vereador Johnatan Noventa (PTB), pré-candidato a vice pode adentrar ao partido que seu pai, o deputado federal Valdevan Noventa, deseja montar no município. Seus novos destinos ainda estão sendo negociados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.