loader-image
temperature icon 20°C

Corpo de palmeirense morta em briga de torcida é velado em Embu das Artes

Compartilhar notícia

Direto da redação

O corpo da palmeirense Gabriela Anelli, de 23 anos, é velado na manhã desta terça-feira (11) em Embu das Artes. A cerimônia começou às 6h e deve ser encerrada às 13h.

Gabriela morreu após ter sido atingida por uma garrafa de vidro durante uma confusão entre torcedores do clube paulista e do Flamengo, no sábado (8), na Zona Oeste de São Paulo. Ela sofreu duas paradas cardíacas.

De acordo com o delegado Cesar Saad, da Delegacia de Repressão aos Delitos do Esporte, o suspeito admitiu ter arremessado a garrafa, mas diz que não teve o objetivo de atingir a torcedora.

O delegado também afirmou que a polícia tenta localizar outros envolvidos na confusão e busca por imagens que tenham registrado o exato momento em que a garrafa é atirada.

“Tiraram nossa menininha”

Os pais de Gabriela dizem estar desolados com a morte da filha. Nesta segunda-feira, eles foram até a Delegacia de Repressão aos Delitos do Esporte para prestar depoimento.

“A gente não tem nem palavras neste momento. A gente não sai de casa com esse pensamento, de que ela nunca mais vai voltar. Vem um marginal para fazer uma atrocidade dessa. Atravessa o estado para tirar a vida da minha filha”, disse o pai, Ettore Marchiano.

Palmeiras lamentou a morte de torcedora — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Veja também